PM Invade Alojamento Estudantil em Lavras

MNN — Brasília17, 17 de março de 2008
REPRESSÃO: LAVRAS (MG)

Na noite do último domingo, dia 9 de março, a Polícia Militar invadiu violentamente o alojamento estudantil da Universidade Federal de Lavras (MG), chegando a apontar armas para os estudantes que se encontravam no prédio. A ação policial ocorreu após uma denúncia de trote feita pelo “disque-trote” da universidade, sobre um suposto abuso que teria ocorrido no alojamento.

Enquanto os estudantes de Lavras, isolados numa pequena cidade do interior de Minas Gerais, tentam tornar pública a arbitrariedade da direção da universidade e o abuso policial contra os estudantes, a imprensa local comemora o “fim do trote na UFLA”. Segundo o blog do jornal local “O Lavrense”, “foram os estudantes que não possibilitaram o diálogo e jogaram vídeo-cassetes e outros objetos nos policiais”, que então precisaram “conter os protestos”, jogando uma granada de efeito moral!

A ação totalmente arbitrária e violenta da polícia é mais uma na série de invasões das universidades brasileiras pela polícia e pela tropa de choque, que vem se tornando cada vez mais freqüente desde a invasão da Unesp-Araraquara pela tropa de choque e desde o fim da ocupação da reitoria da USP. Os governos burgueses, a burocracia universitária e a imprensa legitimam a maior onda repressiva aos estudantes desde o fim da ditadura militar.

us080317c.gif

Leia também carta dos estudantes da UFLA escrita logo após a invasão da PM.



Texto publicado originalmente no seguinte endereço:
http://www.brasilia17.org/noticia.php?secao=us&indice=080317c

Unless otherwise stated, the content of this page is licensed under Creative Commons Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 License